Mulher é brutalmente espancada durante 4 horas no primeiro encontro marcado pela internet

As imagens feitas dentro do apartamento dão ideia da madrugada de terror. A vítima, Elaine Perez Caparroz, de 55 anos, foi espancada por quase quatro horas e está internada num hospital particular no Rio, em observação. Passou por exames de tomografia que apontaram fraturas pelo rosto, e vai precisar de cirurgia reparadora.

O agressor é Vinícius Batista Serra, de 27 anos. Elaine disse que o conhecia pelas redes sociais e que os dois trocavam mensagens há cerca de oito meses, até marcarem o primeiro encontro: um jantar na casa dela.

Segundo a Polícia Civil, a delegacia já entrou com solicitação para prisão cautelar do agressor. Em depoimento à polícia, o acusado declarou que tomou vinho, e após ter dormido teve um surto psicótico e alegou não se lembrar do que aconteceu. O caso foi registrado como tentativa de feminicídio.

A mulher foi levada para o hospital Lourenço Jorge, na Barra, e logo depois foi transferida para uma unidade de saúde particular. Elaine teve inúmeros hematomas pelo corpo, além de fraturas em seu rosto. A vítima continua internada e vai passar por uma cirurgia plástica.

Ele falou: deita no meu ombro para a gente dormir abraçadinho, para dormir juntinho. Aí eu falei: tá bom. Eu acordei com ele me esmurrando a cara”, declarou Elaine ao ser entrevistada pelo ‘Fantástico’, da TV Globo.

A vítima ainda contou que conheceu o agressor por meio das redes sociais e que há cerca de oito meses os dois trocavam mensagens, até que decidiram marcar o primeiro encontro que acabou na terrível agressão.

Wagner Moura lacra contra Bolsonaro em premiação, mas sai de lá com as mãos vazias

Gleisi lança desafio à Bolsonaro: “listar o que fez de ‘bom’ em 1 mês e meio de governo”