Celular conectado à tomada ‘derrete’ cama e causa incêndio em sobrado

O celular carregando em cima de uma cama causou incêndio em um sobrado, no bairro Sarapuí dos Torres, na área Rural de Piedade (SP). Ninguém ficou ferido.

De acordo com a Guarda Civil Municipal, o morador deixou o aparelho na tomada e foi para a igreja. As chamas atingiram um quarto no piso superior da casa e só foram percebidas quando estavam fortes.

A operação, na noite de sexta-feira (3), começou às 22h e terminou por volta da 1h da madrugada.

Os moradores e a Defesa Civil conseguiram controlar o fogo. Contudo, segundo a GCM, móveis e parte do telhado foram danificados, e as portas dos banheiro derreteram.

Orientação

Segundo o Corpo de Bombeiros, o cuidado com o celular, apesar de ser um aparelho de uso constante, deve ser o mesmo de qualquer equipamento ligado à energia, quando carregando. Existe risco não só de descarga elétrica, como de incêndios, em caso de superaquecimento.

“É um risco porque ele está ligado a uma fonte de energia e exposto a acidente. Deixar carregando à noite, principalmente em camas, também pode gerar risco de acidente”, explica o capitão Antonio Carlos Bernardes, que atendeu o caso de um jovem que morreu com uma descarga elétrica enquanto usava o celular conectado à tomada no ano passado.

Porta do banheiro da casa derreteu com o calor — Foto: GCM/Divulgação

Por engano, mulher recebe 2 bilhões de reais na conta da Caixa

Bolsonaro altera regras sobre uso de armas e petistas reclamam: ‘Agora vira faroeste de verdade’