Homem cava túnel para espionar a ex-mulher e fica preso lá dentro

Um homem não aceitou o fim da relação com a mulher com quem mantinha um relacionamento e cavou um túnel para espioná-la. Porém, a ideia não deu muito certo e ele acabou ficando “entalado” por dois dias. O Corpo de Bombeiros precisou resgatá-lo, segundo informações da Televisa. O caso ocorreu no último dia 25, em Puerto Peñasco, no México.

César Arnoldo Gómez Gómez, de 50 anos, foi resgatado pela Cruz Vermelha e bombeiros, depois que a ex-mulher dele, Griselda Santillán, de 58, ouviu muitos barulhos e encontrou uma escavação dentro de casa. A mulher contou que o ex gritou por socorro.

A mulher disse aos agentes de segurança que ela estava, há cerca de uma semana, ouvindo ruídos na parte de trás de casa. Contudo, achava que eram gatos.

Os bombeiros levaram cerca de 1h30 para chegar até o homem. Ele estava sujo e gravemente desidratado, após ter ficado dois dias preso no local. O homem precisou ser levado ao hospital e depois foi ouvido pela polícia.

Segundo testemunhas que estavam no local, a relação dos dois durou 14 anos, mas precisaram se separar por conta do ciúme excessivo do homem.

Após vencer a mãe na justiça, pai prende filha no carro e põe fogo

Garota conta que tem relações com o pai e que sente ciúmes da mãe: ‘Não quero outro homem’